28
DE mai
DE 2014
0

Divergente – Verônica Roth

Então galera, Divergente é uma história que eu estava planejando resenhar daqui um tempo, por ter outros que eu gostaria de fazer antes. Porém eu acabo de assistir a adaptação cinematográfica e tive que anteceder meus planos. Ia ser muito difícil guardar todas as minhas emoções diante do filme.
No livro a história se passa numa Chicago futurista que após uma guerra foi divida em cinco facções, com um intuito de prevalecer a paz, Abnegação, Audácia, Amizade, Erudição, e Franqueza. Ao completar 16 anos todos os jovens de Chicago tem de se submeter ao exame de aptidão que revela a qual facção eles pertencem. Com os irmãos Prior não foi diferente. Mas o exame de Tris não sai como o planejado. Seu resultado é inconclusivo oque a torna Divergente. Para se camuflar, ela resolve trocar de facção, substituindo a abnegação (sua facção de nascença) pela Audacia, a facção dos destemidos ! O que Tris não sabe é que, ao entrar para a Audacia, ela teria de encarar varios desafios que poderiam a levar a morte. Mas a sua sobrevivência na audacia, só foi prolongada graças ao seu anjo da guarda Quatro !
Como havia dito mais acima,lançou a adaptação de Divergente nos cinemas. Mas por falta de tempo conseguir assistir apenas ontem e cara, É INCRIVEL !!! Estou In love atê agora com ele. Porém nem tudo é perfeito certo? Divergente – O Filme também tem seus contras. Eu fiquei profundamente chateada pois cortaram cenas que eu achei mega importante, logo no inicio do filme. E pra quem realmente prestou atenção no livro,as cenas cortadas são nítidas. Como por exemplo: No exame de aptidão da Tris, eu lembro de haver mais de uma simulação. No entanto, no filme eles apenas recordam da simulação em que a Tris está em uma sala e tem que escolher rapidamente um dos objetos da bancada, que nós descobrimos mas á frente, que seria a ‘arma’ dela. Produção, cadê a cena no trem que a Tris tem que reconhecer o homen do jornal?????? Poxa, quando eu percebi que não ia mostrar essa cena no filme meu coração cortou. Outra cena que eu senti muita falta foi a luta do Will e Al, logo no inicio do treinamento da Audacia. Sem falar cena em que a Tori deveria explicar para a Tris o significado do Corvo? No filme ficou tão sem sentido, a parte em que a Tris decide tatuar os três corvos, para as pessoas que nunca leram o livro. Maaaaaaaaas… Não posso deixar de comentar sobre os Prós ! QUE BEIJO FOI AQUELE PRODUÇÃO !?????? Gente, sem nenhum exagero. Meu coração congelou na hora ! Em um minuto eles estão conversando, no outro o Tob.. ops o Quatro, já puxa a Tris em um beijo de tirar o fôlego (ain meu coração) . O que eu achei bastante legal foi a música que colocaram durante essa cena. Eu sempre achei a trilha sonora mega importante, por que ela é que vai complementar a cena e criar um clima. E com toda certeza não foi só a min que essa cena tirou longos suspiros ! Aah, quase me esqueço de contar das gargalhadas que eu dei quando a Tris acorda da Simulação em público e se desespera ao achar que todos viram seu medo na hora H com o Quatro :’)
Mas ao terminar eu ganhei um enorme ponto de interrogação.. Por que o filme terminou de uma forma que me fez pensar que não teria a adaptação de Insurgente. Estou errada? Bom, espero que sim haha.. Então, me digam oque vocês acharam do Livro e Filme ai nos comentários ?

image

#Fuuuui :*

25
DE mai
DE 2014
0

Belo Desastre – Jamie McGuire

Abby Albernathy, é a tipica garota certinha, e tem no seu guarda roupa a coleção de cardigãs da vovó Albernathy (levem no sentido figurado). Abby resolve se mudar de sua cidade natal com sua melhor amiga América a tira colo , com a intenção de fugir daquilo que a atormentava desde sua infância. As duas Amigas resolvem recomeçar em uma nova cidade. Para Abby seu problema havia se resolvido ao fugir de seu passado. O que ela mau sabia era que seu passado á perseguiria, porém agora, em uma forma alta, musculosa,e incrivelmente Sexy !  (ME BEIJA!! :* ) Travis Maddox é O garoto problema da história, luta, bebe, fuma, fala palavrões, e se vangloria pela quantidade absurda de mulheres que se joga aos seus pés. Para todos Travis é superior, o que ninguém sabe é que por trás do Travis ‘Cachorro Louco’ Maddox , existe um menino solitário,que sofre até hoje pela morte da mãe, e que se recusa a nutrir qualquer tipo de sentimento por uma mulher por medo da perda. Dada as apresentações de cada um pode se imaginar o que reserva pra duas pessoas tão opostas. É como o fogo e a água, ambos não podem ficar juntos pois um sempre vai sair perdendo ou como no caso de Abby e Travis se machucando. Porém um acaba se tornando dependente do outro.

fundo-do-blog

Muitas das resenhas que eu li sobre Belo Desastre, criticavam vários aspectos do livro. Mas como se diz opinião cada um tem a sua. Eu me apaixonei por essa história desde o primeiro capitulo. Ela é cativante, dificilmente você vai conseguir parar quando começar. Esse livro já é popular por algumas pessoas como o filho caçula de ‘ 50 tons de cinza’ rsrs , eu nunca cheguei a ler esse romance erótico, mau tive interesse também, mas a ideia de comparar Belo desastre com um romance sadomasoquista me dá nauseas. É obvio pra qualquer um mesmo que nunca tenha lido 50 tons de cinza, que ele é um livro ‘mergulhado no mundo de submissão’ (essas palavras não são minhas, pra já descartar a idéia de eu estar plagiando algo). Mas a idéia central do meu apelo é essa comparação com Belo desastre. NÃO ! Belo Desastre não é nem um pouco parecido com 50 tons de cinza. SIM, ele faz parte desse novo gênero bastante popular hoje em dia que é o New adult, mas mais uma vez vou ter que defender meu xodó, não a nada derivado ao masoquismo ou submissão nesse livro.

bd

Bom, é isso, esse é um livro que eu super recomendo pra qualquer um. Você vai rir como uma criança em um espetaculo no circo e vai chorar descontroladamente como um bebê que acabará de nascer !

5 estrelas

Beeeijos !

25
DE mai
DE 2014
0

A Culpa é das Estrelas – John Green

Aaaah, efeitos colaterais aqui estou eu para faze-los chorar mais um pouquinho hahaha.  Como muitos ja sabem a  adaptação cinematografica ‘A culpa é das Estrelas’ é umas das maiores apostas do ano. A historia da Hazel e Gus se popularizou bastante entre os jovens de 2013 pra cá, muitos já consideram modinha, não digo que não concordo com isso pois estarei mentindo, realmente muitas pessoas leram o livro e fingiram gostar apenas pra fazer parte de todos aqueles debates das pessoas a sua volta que haviam lido. Isso costuma me deixar muito chateada pois muitos se dizem fãs sem nem saber direito quem é quem na historia, principalmente se for um livro que eu tenha gostado muito.
Quando começou aquela epidemia de photos no insta daquela capa azul com um titulo um pouco intrigante, rs eu realmente fiquei interessada em descubrir o conteúdo. Havia tantos comentarios bons a respeito que eu resolvi me aventurar.

image

Eu lembro exatamente como se fosse ontem,eu abri o livro em uma Quinta-Feira por volta de umas 22:00 hrs da noite. A história me cativou de tal forma que eu me recusei a dormir enquanto não terminasse. Passou 1, 3, 5 horas da manhã quando eu me vi soluçando de tanto chorar. Eu pude sentir a dor da Hazel, eu senti a saudade me sufocando ao ler a carta do Gus, eu suspirei até o ultimo ‘ Okay ‘. O elogio fúnebre, como esquecer?! :’( Mas enfim, minha dúvida é a seguinte: Será que realmente o filme vai fazer juz ao livro? Agora basta esperar ! Dia 05 de Junho vem ai !
#Ansiosa

Beeeeijões ♡

24
DE mai
DE 2014
0

Julieta Imortal – Stacey Jay

Uma história nada tradicional, contada em uma versão diferente por Julieta onde eles não morreram por amor. Se na história original as famílias são inimigas, aqui o casal acabou tornando-se inimigos.

Como você se sentiria sabendo que foi assassinada pelo amor da sua vida?
Após 700 anos dessa tragédia, Julieta ainda guarda magoas de sua alma gêmea, Romeu. Depois do sofrimento com uma facada, Julieta faz um pacto com entidades do bem, tornando-se imortal e regressa a Terra, habitando temporariamente corpos de pessoas apaixonadas e fazendo esse amor ser eterno. Porém, Romeu fez o mesmo pacto, só que com entidades do mau ficando imortal também, retornando a Terra com desejo de destruir Julieta. 

fundo-do-blog


Ok, ok. Fiquei empacada no começo, bem empacada mesmo. Ele estava muito confuso e levei algum tempo para perceber que era porque a Julieta tava toda atrapalhada. Ela não deveria ter encarnado novamente, não em tão pouco tempo. Nessa nova versão do clássico Rmeu e Julieta não tem nada de romântico mas mesmo assim a história se tornou encantadora.Ao possuir o corpo de Ariel, que sofre um acidente de carro ao tentar escapar das garras de Dylan, um bad boy da escola que fez um aposta com os amigos para sair com ela, Julieta sendo Ariel conhece Ben, um cara que a faz se sentir viva novamente e despertar sentimentos há muito tempo consumidos pela vingança.
E vingança é a única coisa que Julieta deseja, vingança pelo amor desperdiçado, pela traição e pela vida que não viveu. Confesso que a vingança também é o grande problema de Julieta. A maior parte do livro ela se lamenta da traição do seu amado Romeu e tentando não confiar nele. E Apesar do amor que começa a sentir por Ben, e que tenta negar já que o corpo não é seu, Julieta parece não conseguir passar a página, ou seja seguir a diante. Antes dessa resenha acabar eu não posso deixar de comentar sobre a capa certo? Eu simplesmente fiquei APAIXONADA ! A capa tem um toque super discreto que dá aquela ansiedade por descobrir o que tem por trás daquela imagem, da menina sentada de vermelho em uma rocha no mar.

É isso, espero que tenham curtido. Você ja leu? Comenta aqui em baixo oque achou. haha

O amor não é um incidente isolado,Julieta.O amor esta em qualquer lugar. Sempre esteve.Você apenas precisa escolher a luz ao invés da escuridão,o sol ao invés da chuva.

4 estrelas

XOXO