25
DE mai
DE 2014

Belo Desastre – Jamie McGuire

Abby Albernathy, é a tipica garota certinha, e tem no seu guarda roupa a coleção de cardigãs da vovó Albernathy (levem no sentido figurado). Abby resolve se mudar de sua cidade natal com sua melhor amiga América a tira colo , com a intenção de fugir daquilo que a atormentava desde sua infância. As duas Amigas resolvem recomeçar em uma nova cidade. Para Abby seu problema havia se resolvido ao fugir de seu passado. O que ela mau sabia era que seu passado á perseguiria, porém agora, em uma forma alta, musculosa,e incrivelmente Sexy !  (ME BEIJA!! :* ) Travis Maddox é O garoto problema da história, luta, bebe, fuma, fala palavrões, e se vangloria pela quantidade absurda de mulheres que se joga aos seus pés. Para todos Travis é superior, o que ninguém sabe é que por trás do Travis ‘Cachorro Louco’ Maddox , existe um menino solitário,que sofre até hoje pela morte da mãe, e que se recusa a nutrir qualquer tipo de sentimento por uma mulher por medo da perda. Dada as apresentações de cada um pode se imaginar o que reserva pra duas pessoas tão opostas. É como o fogo e a água, ambos não podem ficar juntos pois um sempre vai sair perdendo ou como no caso de Abby e Travis se machucando. Porém um acaba se tornando dependente do outro.

fundo-do-blog

Muitas das resenhas que eu li sobre Belo Desastre, criticavam vários aspectos do livro. Mas como se diz opinião cada um tem a sua. Eu me apaixonei por essa história desde o primeiro capitulo. Ela é cativante, dificilmente você vai conseguir parar quando começar. Esse livro já é popular por algumas pessoas como o filho caçula de ‘ 50 tons de cinza’ rsrs , eu nunca cheguei a ler esse romance erótico, mau tive interesse também, mas a ideia de comparar Belo desastre com um romance sadomasoquista me dá nauseas. É obvio pra qualquer um mesmo que nunca tenha lido 50 tons de cinza, que ele é um livro ‘mergulhado no mundo de submissão’ (essas palavras não são minhas, pra já descartar a idéia de eu estar plagiando algo). Mas a idéia central do meu apelo é essa comparação com Belo desastre. NÃO ! Belo Desastre não é nem um pouco parecido com 50 tons de cinza. SIM, ele faz parte desse novo gênero bastante popular hoje em dia que é o New adult, mas mais uma vez vou ter que defender meu xodó, não a nada derivado ao masoquismo ou submissão nesse livro.

bd

Bom, é isso, esse é um livro que eu super recomendo pra qualquer um. Você vai rir como uma criança em um espetaculo no circo e vai chorar descontroladamente como um bebê que acabará de nascer !

5 estrelas

Beeeijos !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>