18
DE jun
DE 2014

Lola e o garoto da casa ao lado – Stephanie Perkins

10458371_717078241682118_305612705952208093_n

aaaaaaaaaah, vocês não fazem ideia do quanto eu gosto de falar de algum livro que fiquei apaixonada. Stephanie Perkins ganhou meu coração no dia em que terminei a ultima palavra de Anna e o beijo francês, então imagina como foi terminar Lola e o garoto da casa ao lado. Um dos motivos que me encantou nesse livro foi a autenticidade da Lola (a protagonista , dãã) ela vive de uma forma que me deu uma certa inveja, sem medo do que os outros vão pensar.

Lola é filha de um casal gay, ( se um pai já é difícil imagina dois, hahaha) e tem apenas três desejos simples (segundo ela). 1° Participar do baile de inverno vestida de Maria Antonieta. 2° Que seus pais aprovem seu namorado. E 3° o mais difícil de todos : Nunca mais, em hipótese alguma ver novamente os gêmeos Bell. Claro, difícil porque após 2 anos fora da cidade Cricket Bell ( Gato, carismático, e incrivelmente fofo) e sua irma Calliope Bell, retornam para abalar a vida de Lola.

Estava ele ali, um rapaz hétero perfeitamente sociável, perfeitamente atraente e perfeitamente vestido, que só por acaso aconteceu de morar na casa ao lado da minha.

Não é muito dificil de se imaginar o porque de Lola querer distancia de um cara com esses adjetivos que citei certo? Cricket que fez do coração de Lola uma escola de Samba e sua irmã que atrapalhou todo o clima 2 anos atrás, fazendo Lola acreditar que ele a exclui de sua vida, retornaram. Porém agora Lola tem um namorado “Perfeito” , e se sente obrigada a negar seus sentimentos por Cricket.

Eu gosto de você. Sempre gostei de você. Seria errado da minha parte entrar de novo na sua vida e agir de outra maneira.

A escrita é super leve, e não é muito difícil se apegar a história, em alguns trechos meu casal in love de Anna e o beijo francês reaparece. E um pouco mais de pesquisas, o que eu descubro? Que ambos os livros faz parte de uma trilogia (SIM ♥), e que o 3° livro ” Isla e o felizes para sempre ” foi lançado ano passada nos Estados Unidos. Me resta agora esperar ansiosamente pela tradução do desfecho encantado de Stephanie Perkins.

Sei que você não é perfeita, mas são as imperfeições de uma pessoa que as tornam perfeita para alguém.

5 estrelas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>