12
DE jul
DE 2014
1

Química Perfeita – Simone Elkeles

imagem (1)

 

Química perfeita é um livro com uma boa porcentagem clichê. É a tipica história dos “opostos se atraem”. Brittany e Alex, mundos diferentes, classes diferentes, personalidades diferentes, mas um coração os une.

Ela é o projeto de perfeição, em todos os sentidos possíveis. Bom, pelo menos é isso que todo mundo pensa. Já que na verdade é tudo apenas fachada, ela tem uma irmã que a família esconde da sociedade por ter paralisia cerebral mas ao longo da história vai ser possível notar que o amor entre as duas é o que vai fazer Brittany assumir seu verdadeiro eu. Ele faz parte de uma gangue que anos atrás matou seu pai, seu real motivo para fazer parte disso tudo é o desejo de vingança. Sua reputação não é das melhores, mas o coração é de ouro, mata e morre pela mãe e os irmãos mais novos.

Já ouvi isso de muitas pessoas e concordo plenamente, se é clichê, é por que é bom. Ou estou errada? Com esse livro não foi diferente. O que me deixou mesmo chateada foi a enrolação na escrita. A escritora deu tanto detalhe onde não precisava que me deu um certo cansaço na leitura. Mas esse foi o único ponto negativo. o final é tão ” awwwwwwwn “, me deixou suspirando. Quando fui terminar o livro que comecei a entender o trocadilho entre o nome e a história, acho que vocês iam gostar de descobrir ;) . Recomendo para todos que curtam aquele romance proibido ! hahaha.

Você bem que podia me beijar, para ver se ainda temos aquela química perfeita… Embora eu ache que sim, pois você é dono do meu coração, da minha alma e de tudo o que existe entre um e outro.

3 estrelas

16
DE jun
DE 2014
0

Os 13 Porques – Clay Jensen

Imagem

Sem duvida alguma, essa história me proporcionou bastante medo do inicio. Clay é um rapaz com uma vida normal a nossos olhos, porém em um dia isso muda de uma hora pra outra. Ele se torna um menino perturbado mentalmente por culpa de uma certa caixa com 7 fitas. No inicio eu demorei um pouco pra entender a divisão das histórias em cada fita e as regras do ‘joguinho’ de Hannah Baker. Mas, pra sorte de você que ainda não leu, facilitarei essa parte. As regras são básicas, se a pessoa recebeu essa caixa com as fitas é porque ele/ela é um dos motivos. Basta assistir todas as fitas, e repassar a caixa pra pessoa que vem logo após você na historia. (Acreditem, na prática deve ser mais facil haha).

Um boato baseado num beijo criou uma reputação. As outras pessoas acreditaram nela e reagiram de acordo com ela. E as vezes, um boato baseado em um beijo tem um efeito bola de neve!

E foi exatamente as consequências de um beijo que fez da vida de Hannah Baker um inferno, onde é impossível dizer o que é verdadeiro, e o que não é. Um fato que achei bastante interessante desse livro, e que algumas pessoas vão discordar de min é que toda a narração gira em torno de 24 horas. Nós não sabemos como Clay conduziu sua vida após ouvir as perturbadoras fitas. Mas se teve uma coisa que ele levou da história de Hannah, foi nunca deixar uma oportunidade passar. O livro me fez refletir bastante naquela frase de 3 letras ” E SE ” , e se Hannah não tivesse deixado criar uma reputação falsa sobre si ?! Ela teria cometido suicídio? Ela estaria viva? Foi bem doloroso pra min pensar nisso.. E se na minha vida eu tivesse deixado de fazer algo? Estaria tudo como hoje é?! Não posso dizer ao certo se essa foi a mensagem que Jay, quis passar para o leitor. Posso dizer apenas, que essa foi a que eu recebi. Por inúmeras vezes durante a leitura, pude identificar semelhanças entre Hannah com Alaska, (de Quem é voce Alaska) ambas se sentem sozinhas no mundo e buscaram consolo na morte. Esse é um livro que recomendo para qualquer um que ama mistérios.

3 estrelas