6
DE fev
DE 2015
2

Casamento por conveniência – Jennifer Probst

casamento-de-convenienciaCasamento por conveniência é um livro que encontrei totalmente por acaso. Estava vagando por outros blogs, e encontro um livro com um titulo intrigante. Isso já era 23 horas da noite, mas como a curiosidade falou mais alto, tive que recorrer ao meu velho amigo PDF.

Alexa estava desesperada por dinheiro, bom, ela não era interesseira. O dinheiro em questão seria para ajudar a resgatar a casa da família. Por que não se casar com alguém rico que tivesse dinheiro suficiente para lhe ajudar? E ela se apega com força nessa ideia, a ponto de fazer um feitiço para encontrar o homem dos seus sonhos, e melhor, que tivesse uma conta recheada no banco. E não é que as forças do além deram uma ajudinha?! Porém essa “ajuda” teria seus contras. O Homem que supostamente iria se casar com Alexa é estranhamente o oposto do que ela havia desejado. Para ser mais exata, um homem mesquinho, arrogante, e que não acredita no amor. Nicholas Ryan.

FRACO! Minha sentença é basicamente essa. A história tinha tudo pra dar certo. Por mais que já existam outras histórias abordando o mesmo tema, essa tinha alguns detalhes que poderiam levar ao sucesso total. Porém ao meu ver, a autora não soube aproveitar as cartas que ela tinha na mão. Os personagem em geral conseguiram me deixar no limite da raiva. Por vários momentos eu pensei: “Pow, estou perdendo minha madrugada com isso?!” , mas como eu não sou de desistir fácil, continuei até o fim. E não é que valeu a pena? O final é uma gracinha, me vi suspirando no ultimo capitulo. APENAS. Portanto as seguintes duas estrelinhas será dedicado ao desfecho, que salvou a história de Nick e Alexa.

2 estrelas

13
DE ago
DE 2014
0

Delirium – Lauren Oliver

delirium-lauren-oliver

Em um mundo onde o amor é uma doença, Lena acreditava no que todos diziam ser o “certo”.

Com a chegada próxima do procedimento que vai salva-la, eis que acontece o inesperado. Seu sangue gela, suas mãos ficam tremulas , todos os sintomas referentes ao deliria. Ai meu deus! Fui infectada pelo amor!

O amor é o mais mortal de todas as coisas mortais: Ele te mata quando você tem e quando você não tem.

Minha opinião. A história é bem diferente, a escritora teve uma criatividade incrível para abordar tal assunto. Oque me incomodou um pouco é o fato da personagem principal ser uma “cagona”. Mesmo com a vida privada que a menina tem, ela conseguia ser meio paranoica estilo: “As paredes vão me ouvir”. Somente esse o ponto fraco. São poucas paginas, a leitura é rápida e leve.

O que dizer do climax… Uma frase foi capaz de me fazer abrir um “O” gigante na boca hahahah. E as citações?? Geeeeeente, acho que nunca fiquei tao apaixonada com as citações de um livro quanto deste. É cada uma que é capaz de te deixar refletindo um longo tempo sobre o amor. Estou até pensando em criar um post apenas com minhas citações preferidas desse livro, oque acham? hihihi.

O final me deixou de queixo caído, a todo momento eu me fiz a pergunta de como isso aconteceu, se oque aparentou foi realmente o fato real.

Eu prefiro morrer do meu jeito, a viver do seu.

 

E eu vou ficar sem a continuação? Não mesmo hahahah, Próxima leitura? Pandemonium!