21
DE fev
DE 2015
0

O mágico de OZ

unnamed (13)

“O mágico de OZ”, esse é sem duvida uma das histórias mais consagradas até hoje pelo público variado, de todas as idades. O livro conta a história de Dorothy, uma garotinha humilde que reside no Kansas junto de seu cachorrinho Totó. Em um dia qualquer, um tornado se aproxima da casa onde Dorothy mora com os tios. Prevendo a chegada do tornado, tio Henry alerta a mulher e a sobrinha, para que se escondam. Porém por um descuido Dorothy fica para trás, junto de seu fiel amigo Totó. Ela adormece, e acorda em um lugar diferente. A terra de OZ. Lá a menina vê em torno de si lugares bonitos para se morar, como lugares sombrios no qual ela tenta se manter afastada. Ela faz amigos, o espantalho solitário em busca de um cérebro para ser tão inteligente quanto todos os outros, o lenhador de lata em busca de um coração para poder reviver um romance com uma moça da região, e um leão covarde em busca da coragem para se tornar um rei da selva. Dorothy também tinha um desejo, poder voltar com totó para o Kansas.

 

 A história nada mais é do que um conto infantil, que sem duvida é de tocar pessoas de qualquer idade. Dorothy, e seus amigos vão em busca de OZ para que lhe conceda os desejos, dirigindo se assim pela estrada de tijolos amarelos. Durante todo o tempo há pedras no caminhos deles, em cada hora um desafio os aguarda provando a cada um que eles tem tudo o que desejam, mas infelizmente nem todos tem confiança em si, e no poder que vos é concedido.

Posso citar por exemplo o

espantalho. Desde o inicio ele dizia ser burro por não ter um cerebro. Oz como um bom farsante, lhe deu o que ele tanto queria. Ou melhor, lhe deu o que ele precisava. Confiança. Acreditando que lhe foi colocado um cérebro na sua cabeça de palha, o espantalho lhe permitiu abrir a mente para ter novas idéias que até então estava escondido dentro de si.

 

Já o homem de lata deseja ter um coração, o que ele não sabia, é que não precisava de um coração para sentir amor, ou afeto. O carinho por Dorothy, e a forma como ele a protegeu até a cidade das esmeraldas era o resultado de todo o amor que havia em si. Mas como também lhe faltava confiança, o grande oz lhe deu o seu tão sonhado coração. Mesmo sendo um simples objeto pulsante, o coração lhe deu a confiança que o lenhador tanto precisava.

Depois vem o leão e sua falta de coragem. Onde já se viu isso? Um leão covarde. Pois bem, como o proprio mágico de oz disse, “A verdadeira coragem consiste em enfrentar o perigo mesmo com medo. E isso você tem de sobra” então foi lhe dado uma substancia para beber. Mas não seria de serventia alguma. A coragem já estava no coração do leão. Ele só precisava de um incentivo para liberta-la.

Por ultimo vem a pequena Dorothy, desde o inicio ela poderia ter voltado para sua casa. Mas novamente a falta de confiança vem a tona. Nossa menina ignorava o poder que tinha em suas mãos. Ou melhor, em seus pés. Os sapatinhos prateados eram sua arma, mas ela ignorou esse poder, dando assim oportunidade a

 si de ajudar seus amigos a conseguirem aquilo que tanto almejaram.

 

 É nesse ponto que eu quero chegar, “O mágico de OZ” é um conto para nos lembrar de 2 fatores essenciais na nossa vida: a importância da amizade e da confiança. A falta de confiança atrapalhou Dorothy e seus amigos. Porém a amizade fortaleceu a cada obstáculo. O espantalho, o lenhador e o leão já náo tinham mais com o que se preocupar, e dorothy pode seguir novamente pela estrada de tijolos amarelos voltando então para sua tão aguardada casa.

5 estrelas

23
DE out
DE 2014
0

#04 O Destino do tigre – Colleen Houck

 Aprenda a amar o momento em que você está. Valorize suas experiências, pois momentos preciosos passam muito rapidamente por você, e se você está sempre correndo em direção ao futuro, ou com saudades do passado, você vai esquecer-se de desfrutar e apreciar o presente.

download (2) Eis aqui o livro que vai revelar os momentos finais da maldição do tigre. Com uma citação incrível como a de cima, é um pouco complicado pensar que esse livro tenha sido uma droga, certo?

Pois bem, esse com certeza foi uma das melhores finalizações de saga. Muitos autores acabam desvalorizando seus livros, com o final que muita das vezes deixa a desejar. Mas com a Saga do tigre foi diferente, a cada capitulo do ultimo livro eu ansiei por mais.

Me perdoem, porém acho que vou deixar escapar alguns Spoilers, é extremamente difícil falar desse livro e não citar varias cenas.

Na minha opinião o momento climax  foi a parte em que Lokesh admiti sua obsessão por Kelsey, não mais pelo amuleto mas sim por querer uma mulher que vá procriar e lhe dar um filho. Minha cara foi no chão, de patético ele se transformou em um indiano nojento que só queria “abusar” da pobre kells.

Minha raiva pela protagonista diminuiu muito durante O destino do tigre. Nele ficamos ciente de todos os motivos que levou a mocinha a ficar naquele ata ou desata. Vou confessar que durante varias passagens eu pensei em abandonar o livro de tanta raiva. Mas mesmo contrariada eu consegui entender os motivos que levaram cada um a fazer algo. A estar em tal lugar e em tal hora. Porém nada vai diminuir minha tristeza pelo destino do Kishan. Se a Kelsey não o quis, eu quero poxa !!!!

Muitos detalhes das missões dos livros anteriores, que na hora ficou meio vago para os leitores, foi esclarecida nesse ultimo livro. Principalmente a questão do filho da Kelsey que ficou muito mau esclarecido no sonho do Kishan  no livro anterior.

Acho que se eu escrever mais alguma coisa alguém vai vir me matar por contar mais coisas do que deveria rsrsr. Mas não tenho dúvidas em dizer que essa é uma das MELHORES sagas que já li hoje. Recomendo para qualquer um, independente do gênero de livro preferido. Tenho certeza que A saga do tigre vai encantar qualquer um que pegar para ler. ;)

Se a música é o alimento do amor, toquem-na; afoguem-se nela, para que o apetite decreça, e assim morra.

5 estrelas

29
DE set
DE 2014
0

#02 O Resgate do Tigre – Colleen Houck

images

Kelsey conseguiu completar a 1° missão e deu aos tigres 6 horas de vida humana por dia. Dessa vez a menina esta bastante atordoada com os últimos acontecimentos, e principalmente com o fato de querer reprimir seus sentimentos por Ren. É quando ela se vê prestes a embarcar em uma busca ao 2° objeto da profecia, que irá dar mais 6 horas de vida humana aos irmãos. Porém como nem tudo é um mar de rosas, Kelsey e sua nova família animal/real irão descobrir que o foco de Lokesh é roubar o amuleto de Kishan que Kelsey carrega no pescoço. Em uma breve batalha Ren é capturado pelos capangas de Lokesh. Tal situação faz o coração da mocinha ficar dilacerado.

Com a ajuda de Kishan e Sr Kadam, eles embarcam em uma corrida contra o tempo para cumprir a segunda parte da profecia, e conseguir libertar Ren do cativeiro. O segundo livro da saga do tigre , é tao incrível quanto o primeiro. Ele é recheado de fantasia, e criaturas misticas que garanto ser capaz de encantar qualquer um. Cada detalhe me deixou fascinada. E se você que já leu a maldição do tigre ficou perdidamente apaixonada pelo Ren, segura o coração porque em O Resgate do tigre kishan vai te deixar perdidinha de amores hahhaha.

Por você eu me submeteria a torturas excruciantes.

Meus conceitos sobre o romance de Ren e Kelsey mudou completamente durante a historia. O epilogo foi o ponto alto, meu coração se partiu ao meio. Um detalhe que fez meus olhos brilharem foi o fato de Lokesh ser comparado com lorde Voldemort (aquele momento aaaaaawn de potterhead).

O resgate do tigre é aquele livro que te deixa com a aura colorida com tamanho encanto transmitido. E não vá pensando que é puro romance bobo não. Vai muito além disso, é uma história completamente envolvente repleta de bom humor.

Parece que homens do tipo tarzam são o meu fraco

4 estrelas

29
DE set
DE 2014
0

#01 A maldição do tigre – Colleen Houck

A_MALDICAO_DO_TIGRE_1316269744P Kelsey Hayes ficou orfã recentemente, e precisa de uma renda para custear a faculdade. Eis que surge a oportunidade de trabalhar em um circo, diante da necessidade, ela aceita. Lá conhece Ren um enorme tigre branco que por trás dos enormes olhos azuis, esconde uma história. Porém o que deveria ser um mero emprego, acaba se tornando a passagem de Kelsey para um mundo encantado. Ren, na verdade é Alagan Dhiren, um príncipe indiano amaldiçoado a centenas de anos atrás. O que a menina não sabe, é que talvez, ela seja a ultima oportunidade do  príncipe voltar a vida humana.

A maldição do tigre é definitivamente um dos livros mais encantadores que já li até hoje. Pra falar realmente a verdade, até a metade do livro eu pensei que iria abandonar. Mas quando as coisas começam a fazer sentido na história uma luz acendeu na minha mente, e comecei a devorar o livro ferozmente. Sem pausa até terminar. A história é viciante.

Eu me prometi falar pouco sobre o Ren para que ele ficasse escondido no meu pobre coração, para ninguém rouba-lo, mas é impossível não citar ele. Pensa em um cara, fofo, com porte de príncipe, lindo e que nas horas vagas (ou melhor, todas as horas) é um tigre. Aliás, nem pense. Já basta eu apaixonada. ;)

Mas como nem todo livro é livre de pontos fracos, eis o do momento: Kelsey Hayes. Não sei o porque mas eu tenho um certo ódio pelas mocinhas, e a Kelsey não é muito diferente de todas as outras. Em vários momentos ela se mostrou imatura em relação a situação, a incerteza dela foi um martírio pra mim, é a mesma coisa de não saber se casa ou se compra uma bicicleta. Ô menina chata !

Confesso que durante a busca da profecia de Durga eu fiquei “boiando” um pouco pelos detalhes ter sido escrito com muita minuciosidade, mas nada que um pouco mais de atenção não tenha resolvido.

O que eu sentia por ele parecia complicado demais para definir, mas logo se tornou óbvio para mim que a emoção mais forte que eu sentia, a que estava agitando meu coração, era… amor.

Esse é um livro que indico para todas as idades, toda a fantasia transmitida por ele, leva qualquer um a um mundo encantado onde é impossível não se apaixonar.

5 estrelas