19
DE jul
DE 2014
0

#01 Minha vida fora de série – Paula Pimenta

Me digam, como é possível descrever um livro que me tirou todas as palavras?

CAPA_Minha vida fora de serie_6ed_010213.indd

Minha vida fora de série da Paula Pimenta conta a história de Priscila, uma menina de 13 anos que tem sua vida transformada de uma hora para outra devido a separação dos pais, tendo que se separar de seu irmão mais velho e metade do seu “zoológico particular”. Para Priscila, a adaptação em Belo Horizonte não seria nada fácil.  Mas claro, como toda PRIncesa tem sua fada madrinha, a Pri tem a Marina, que a acolhe em suas asas e torna sua adaptação mais fácil. As férias de Priscila se resume a shopping, seriados, e clube. Clube no qual ela conhece Marcelo. 18 anos, guitarrista, e intrigante aos olhos da menina.

Priscila se apaixona a primeira vista, e por sorte o interesse é reciproco. Ela começa a fantasiar um romance de conto de fadas, idealizando um verdadeiro príncipe em Marcelo. O que ela não podia esperar era que o tal príncipe em questão fosse na verdade um sapo. A decepção de Priscila é visível, como se ela estivesse em um sonho perfeito e alguém a acordasse com um balde de água gelada. Mas nem tudo está perdido para o coração da nossa PRIncesa.

O 1° dia de aula chega e a ansiedade da menina está a mil, ela descobre que nem todo mundo aparentar ser o que é, eis que ela conhece Glória, uma professora maluquinha que a faz se sentir enturmada com os novos colegas.

Em uma simples brincadeira, dois olhares se cruzam e dois corações começam a bater em perfeita sintonia. É ai que aparece Rodrigo, lindo, fofo, misterioso e que vai fazer do coração de Priscila uma mistura de sentimentos novos. A sintonia entre os dois é incrível, um completa o outro como a cereja completa o bolo. A cada dia mais o envolvimento dos dois cresce mais, e isso de um certo modo não é bom, pois a PRIncesa não conhece as consequências que esse envolvimento pode lhe causar.

Se eu disser que eu amo esse livro vai ser pouco. Minha paixão por ele vai além de qualquer coisa que eu disser aqui. A Paula tem um jeito único de retratar acontecimentos do dia a dia de uma forma totalmente encantadora. Eu suspirei o livro todo, o Rô é simplesmente um principe, já disse isso uma vez e vou repetir quantas forem preciso, o Rô é meu amor literário numero 01. hahahah. Esse livro é contado 3 anos antes do Fazendo meu filme começar, ou seja, muitos dos personagens citados no fazendo meu filme fazem uma participação básica em minha vida fora de série. Ele me proporcionou lágrimas e uma confusão gigante de sentimentos. Se você ainda não leu, não consegue imaginar o que está perdendo!

Eu não imaginava que, em um dia comum, exatamente como esse, eu encontraria alguém tão especial. Ele mudou tudo.  Mudou minha direção.  Meu jeito de pensar.  Minha visão do mundo.  Minha vida inteira.”

pri

 

19
DE jun
DE 2014
0

Apaixonada por Palavras – Paula Pimenta

Apaixonada por palavras da Paula Pimenta é um livro de crônicas  que me encantou. Cada Crônica foi uma descrição do que eu sou, ou do meu pensamento. É como se a Paula entrasse na nossa cabeça e descobrisse  o que nós achávamos sobre as coisas ao nosso redor, e relatasse tudo em um livro. Vou confessar que nunca fui muito fã de crônicas mas o livro da Paula me encantou de tal forma que esse passou a ser um gênero adorado por min. Só tenho 1 defeito apenas para colocar, pouquíssimas paginas, eu estava com tanto pesar de terminar esse livro que eu adiei o fim da leitura por dias hahahaha, é uma pena o livro ter apenas 55 crônicas, por min eu leria 110 sem problemas Paulinha ;) !  Esse livro fez com que eu ficasse mais apaixonada por palavras do que eu sempre fui, e agora eu lhes trago um trecho da crônica que mais me identifiquei.

APAIXONADA POR PALAVRAS

Odeio cantadas. Flores não me seduzem. Chocolates então, nem pensar.O que me comove são palavras [...]
Garotos que escrevem bem têm um charme diferente. Suas palavras me acariciam de tal forma que se tornam vitais para minha sobrevivência. Se eles têm tanto cuidado com a escrita, imagine o carinho que teriam comigo… Ah, os homens que sabem escrever! Alguns conseguem ser tão sinestésicos, que chego a perceber a voz deles por entre as linhas.Os que mais me impressionam são os que adivinham meu pensamento, mesmo sem me conhecer. É indescritível a sensação de ler um texto e me identificar 
totalmente com as palavras do escritor. 
É como se ele tivesse roubado a ideia que eu ainda não havia tido mas que já existia em mim. Emocionante perceber, na medida em que meus olhos vão descendo por sobre o texto, que existe alguém que pensa exatamente como eu.
Infelizmente, a recíproca não é verdadeira. O sexo masculino, no geral, ainda se sensibiliza mais com um corpo esculpido do que com a forma que as escritoras dão às suas frases. No dia em que eu encontrar um que se importe mais com o que eu escrevo do que com a minha embalagem, eu me caso. Desde que a proposta seja feita por escrito. E que, por trás daquelas palavras, existam óculos em vez de músculos. 

Depois de lerem essa crônica preciso dizer mais quantas vezes o quão apaixonada eu sou pela Paula e seus livros?! Não posso deixar de falar dessa capa perfeita certo? Da vontade de entrar no livro e devorar todos esses M&M de letras hahahaha ♥♥♥♥♥♥♥♥♥

livro-paula-pimenta

DSC03553