1
DE abr
DE 2015
0

Dançando sobre cacos de vidro – Ka Hancock

dançando sobre cacos de vidro

Creio eu que essa vai ser uma resenha longa. Primeiramente gostaria de dizer que essa vai ser uma resenha diferente. Para eu não ter o problema de privar minhas palavras ou comentários, e para evitar Spoiler, peço que quem não os aceite pare por aqui, pois dessa vez eu preciso expor meu ponto de vista por completo.

ABAIXO CONTÉM SPOILER!!!!!

Lucy e Mickey. Ela sofre com problema hereditário de câncer, ele sofre com transtorno bipolar. Muitas vezes quando citam transtorno bipolar as pessoas não sabem ao certo sua definição. Para muitos é basicamente uma oscilação de humor, mas a realidade vai muito além. O Transtorno bipolar é uma doença que afeta a saúde e o bem-estar de alguém, correndo o risco de morte. O Câncer já é bastante conhecido na literatura estrangeira.

Pois bem, Dançando sobre cacos de vidro nos trás duas pessoas iguais, mas ao mesmo tempo diferentes. Eles tem algo em comum, ambas as doenças vão os perseguir pelo resto da vida. Mas isso não os impediu de lutarem contra ela, lutar a favor da vida e do amor.

Desde o inicio eu temi pela doença dos dois. Desde o inicio minha garganta dava um nó somente por pensar que Mickey poderia estragar tudo com seu descontrole, ou que a doença de Lucy fosse os atrapalhar. Como eu estava enganada. Esses não eram mais o menor dos problemas, com essas situações o casal já havia aprendido a lidar.

Mas será que a morte, iria ser cruel ao ponto de os separar? Durante a história analisei cada situação com base nisso. Como disse, o acontecimento que eu tanto achei que iria acontecer, não aconteceu. O retorno do câncer da mulher não aconteceu de inicio, porém outro obstaculo apareceu na vida do casal, talvez bom, talvez ruim, depende do ponto de vista do leitor. Lucy fica grávida. Seria realmente certo trazer ao mundo um serzinho, para correr o risco de herdar o tão temido câncer , ou mesmo o tão pouco abordado transtorno bipolar? Talvez a criança herdasse as duas doenças juntas, ou quem sabe nenhuma. A duvida matava-os por dentro. Pra ser bastante sincera eu me questionei a todo tempo até finalmente aceitar que sim, eles deveriam correr o risco. A criança seria o fruto do amor dos dois. Foi quando uma nova situação aparece para destruir os sonhos do casal. O câncer de Lucy voltara. Agora já alastrado.

Gravida e com câncer, seria a vida cruel com Lucy? Talvez não, talvez tudo tenha acontecido por uma razão. Você pode estar se perguntando o porque de eu usar tanto o “talvez”, mas é justamente isso que esta sustentando a vida de ambos. Aquele grande TALVEZ, no momento o futuro era incerto. O câncer de Lucy já não era mais novidade, pela segunda vez já não tinham mais esperança. O aborto seria apenas uma prolongação do tempo de vida da mulher, nunca saberíamos dizer o quanto, 1 semana, 1 mes, talvez anos. Por outro lado ela poderia ter sua menininha e quem sabe a chance de Continuar a quimioterapia após o nascimento. Mas a morte era inevitável. Todos sabiam disso, principalmente Mickey, porém ninguém queria acredita. Alias, quem mesmo quer aceitar que a morte esta rondando aqueles que amamos?!

A história é angustiante e cheia de duvidas, à todo momento eu me perguntei se ela deveria abortar e lutar para viver, ou dar a vida a sua menininha e aceitar a morte como um acalento. E sim, minha opinião foi a segunda. Não por querer a morte da personagem, mas qual o motivo para adiar o inevitável?

Essa foi uma leitura regada de lágrimas, angustia, sorrisos e esperança. Com ele eu aprendi que nada na vida é por acaso. Que as escolhas que fazemos e o modo como vemos cada situação, é que define o rumo para qual vamos seguir. Esse é um livro que eu não me arrependo nem um milésimo. Indico para todos, independente da sua preferência de gêneros. Essa é uma história que todos deveriam conhecer, pois todo relacionamento vai, eventualmente, dançar sobre cacos de vidro.

23
DE out
DE 2014
0

#04 O Destino do tigre – Colleen Houck

 Aprenda a amar o momento em que você está. Valorize suas experiências, pois momentos preciosos passam muito rapidamente por você, e se você está sempre correndo em direção ao futuro, ou com saudades do passado, você vai esquecer-se de desfrutar e apreciar o presente.

download (2) Eis aqui o livro que vai revelar os momentos finais da maldição do tigre. Com uma citação incrível como a de cima, é um pouco complicado pensar que esse livro tenha sido uma droga, certo?

Pois bem, esse com certeza foi uma das melhores finalizações de saga. Muitos autores acabam desvalorizando seus livros, com o final que muita das vezes deixa a desejar. Mas com a Saga do tigre foi diferente, a cada capitulo do ultimo livro eu ansiei por mais.

Me perdoem, porém acho que vou deixar escapar alguns Spoilers, é extremamente difícil falar desse livro e não citar varias cenas.

Na minha opinião o momento climax  foi a parte em que Lokesh admiti sua obsessão por Kelsey, não mais pelo amuleto mas sim por querer uma mulher que vá procriar e lhe dar um filho. Minha cara foi no chão, de patético ele se transformou em um indiano nojento que só queria “abusar” da pobre kells.

Minha raiva pela protagonista diminuiu muito durante O destino do tigre. Nele ficamos ciente de todos os motivos que levou a mocinha a ficar naquele ata ou desata. Vou confessar que durante varias passagens eu pensei em abandonar o livro de tanta raiva. Mas mesmo contrariada eu consegui entender os motivos que levaram cada um a fazer algo. A estar em tal lugar e em tal hora. Porém nada vai diminuir minha tristeza pelo destino do Kishan. Se a Kelsey não o quis, eu quero poxa !!!!

Muitos detalhes das missões dos livros anteriores, que na hora ficou meio vago para os leitores, foi esclarecida nesse ultimo livro. Principalmente a questão do filho da Kelsey que ficou muito mau esclarecido no sonho do Kishan  no livro anterior.

Acho que se eu escrever mais alguma coisa alguém vai vir me matar por contar mais coisas do que deveria rsrsr. Mas não tenho dúvidas em dizer que essa é uma das MELHORES sagas que já li hoje. Recomendo para qualquer um, independente do gênero de livro preferido. Tenho certeza que A saga do tigre vai encantar qualquer um que pegar para ler. ;)

Se a música é o alimento do amor, toquem-na; afoguem-se nela, para que o apetite decreça, e assim morra.

5 estrelas

22
DE out
DE 2014
0

O Jogo perfeito #01 – J. Sterling

imagemEsse livro me deixou confusa, juro! Não sei o que sinto após terminar ele. No inicio da história eu senti muita forte semelhança com Belo desastre da Jamie Mcguire, a diferença é o quão chata a protagonista me pareceu, e o fato de não me causar emoções nenhuma.

A historia em si tem um enredo lindo. Podia ter sido um livro incrível, por um motivo, que ate então não sei dizer ao certo o que é, isso não aconteceu.

Cassie é apaixonada por fotografia e carrega no peito um ressentimento grande do pai. Jack é um jogador de baiseball apaixonado pelo que faz. O destino coloca-os um de frente pro outro. Isso “vai mudar tudo”.

De todos os livros que já li até hoje esse sem dúvida alguma está sendo o mais difícil de resenhar, mas vamos lá. Cassie e Jack se conhecem na faculdade, como um imã eles são atraídos um para outro imediatamente. De inicio a protagonista me pareceu um tanto “atirada” saindo dos conhecidos clichês atualmente. Mas alguns poucos capítulos a frente, pude perceber que a mesma era tão tola quanto as outras mocinhas. Algo que me chateou bastante é a falta de detalhes na história. Em um capitulo ela conhece ele, no final eles já estão namorando! Me diz cadê a lógica nisso?

Jack, a parte que eu mais gosto nas resenhas é contar o quanto eu fiquei encantada com o mocinho, mas com esse rapaz isso não aconteceu. Esse é o momento em que ser bonito e popular não é tudo. Jack se mostrou um cara super sem sal. Sei que não é certo comparar personagens de diferentes livros mas poxa!! Colocar um Travis Maddox perto do Jack é até pecado porque o coitado iria perder feio.

A história é basicamente aquele clichê conhecido. O bad boy e a mocinha com o coração dilacerado pelo passado, eles não ficam juntos porque o mocinho faz muita M**** e FIM! Mas ao contrário dos outros clichês, esse não me prendeu nem um pouco.

O que o seu coração diz?

O que importa? Meu coração é tolo. Acredita em qualquer coisa.

Certo. Então, oque diz sua cabeça?

Minha cabeça questiona tudo e não acredita em nada.

2 estrelas

29
DE set
DE 2014
0

#02 O Resgate do Tigre – Colleen Houck

images

Kelsey conseguiu completar a 1° missão e deu aos tigres 6 horas de vida humana por dia. Dessa vez a menina esta bastante atordoada com os últimos acontecimentos, e principalmente com o fato de querer reprimir seus sentimentos por Ren. É quando ela se vê prestes a embarcar em uma busca ao 2° objeto da profecia, que irá dar mais 6 horas de vida humana aos irmãos. Porém como nem tudo é um mar de rosas, Kelsey e sua nova família animal/real irão descobrir que o foco de Lokesh é roubar o amuleto de Kishan que Kelsey carrega no pescoço. Em uma breve batalha Ren é capturado pelos capangas de Lokesh. Tal situação faz o coração da mocinha ficar dilacerado.

Com a ajuda de Kishan e Sr Kadam, eles embarcam em uma corrida contra o tempo para cumprir a segunda parte da profecia, e conseguir libertar Ren do cativeiro. O segundo livro da saga do tigre , é tao incrível quanto o primeiro. Ele é recheado de fantasia, e criaturas misticas que garanto ser capaz de encantar qualquer um. Cada detalhe me deixou fascinada. E se você que já leu a maldição do tigre ficou perdidamente apaixonada pelo Ren, segura o coração porque em O Resgate do tigre kishan vai te deixar perdidinha de amores hahhaha.

Por você eu me submeteria a torturas excruciantes.

Meus conceitos sobre o romance de Ren e Kelsey mudou completamente durante a historia. O epilogo foi o ponto alto, meu coração se partiu ao meio. Um detalhe que fez meus olhos brilharem foi o fato de Lokesh ser comparado com lorde Voldemort (aquele momento aaaaaawn de potterhead).

O resgate do tigre é aquele livro que te deixa com a aura colorida com tamanho encanto transmitido. E não vá pensando que é puro romance bobo não. Vai muito além disso, é uma história completamente envolvente repleta de bom humor.

Parece que homens do tipo tarzam são o meu fraco

4 estrelas

29
DE set
DE 2014
0

#01 A maldição do tigre – Colleen Houck

A_MALDICAO_DO_TIGRE_1316269744P Kelsey Hayes ficou orfã recentemente, e precisa de uma renda para custear a faculdade. Eis que surge a oportunidade de trabalhar em um circo, diante da necessidade, ela aceita. Lá conhece Ren um enorme tigre branco que por trás dos enormes olhos azuis, esconde uma história. Porém o que deveria ser um mero emprego, acaba se tornando a passagem de Kelsey para um mundo encantado. Ren, na verdade é Alagan Dhiren, um príncipe indiano amaldiçoado a centenas de anos atrás. O que a menina não sabe, é que talvez, ela seja a ultima oportunidade do  príncipe voltar a vida humana.

A maldição do tigre é definitivamente um dos livros mais encantadores que já li até hoje. Pra falar realmente a verdade, até a metade do livro eu pensei que iria abandonar. Mas quando as coisas começam a fazer sentido na história uma luz acendeu na minha mente, e comecei a devorar o livro ferozmente. Sem pausa até terminar. A história é viciante.

Eu me prometi falar pouco sobre o Ren para que ele ficasse escondido no meu pobre coração, para ninguém rouba-lo, mas é impossível não citar ele. Pensa em um cara, fofo, com porte de príncipe, lindo e que nas horas vagas (ou melhor, todas as horas) é um tigre. Aliás, nem pense. Já basta eu apaixonada. ;)

Mas como nem todo livro é livre de pontos fracos, eis o do momento: Kelsey Hayes. Não sei o porque mas eu tenho um certo ódio pelas mocinhas, e a Kelsey não é muito diferente de todas as outras. Em vários momentos ela se mostrou imatura em relação a situação, a incerteza dela foi um martírio pra mim, é a mesma coisa de não saber se casa ou se compra uma bicicleta. Ô menina chata !

Confesso que durante a busca da profecia de Durga eu fiquei “boiando” um pouco pelos detalhes ter sido escrito com muita minuciosidade, mas nada que um pouco mais de atenção não tenha resolvido.

O que eu sentia por ele parecia complicado demais para definir, mas logo se tornou óbvio para mim que a emoção mais forte que eu sentia, a que estava agitando meu coração, era… amor.

Esse é um livro que indico para todas as idades, toda a fantasia transmitida por ele, leva qualquer um a um mundo encantado onde é impossível não se apaixonar.

5 estrelas

12
DE set
DE 2014
0

Procura-se um marido – Carina Rissi

download (1)

Alicia é uma menina completamente mimada, sempre teve tudo aos seus pés. Eis que um dia ela acorda com a noticia devastadora que o avô (seu único parente vivo e milionário) havia falecido.

Para piorar seu momento de fraqueza, ela descobre que esta esclusa (em partes) do testamento. Podendo tomar posse dos bens de seu avô apenas depois que se casar, (deve considerar o fato da menina ter pavor de compromisso). E como uma boa encrenqueira que ela é, trama um plano para poder pegar a herança milionária. Procurando um marido de aluguel. Como não é de se duvidar, aparece todo tipo de figurão. Até que surge um homem que se encaixa perfeitamente no posto de marido provisório. O que Alicia não esperava, é que um simples anuncio nos classificados iria trazer sua felicidade de volta em forma de príncipe encantado.

O que me despertou o interesse inicial foi a experiencia de Perdida, da mesma autora. Procura-se um marido é aquele livro que começa uma bosta, que te da vontade de jogar o livro na parede. Pelo simples fato da personagem ser uma completa sem noção, porem como eu não sou de desistir fácil, continuei. E para minha surpresa foi uma das melhores leituras do ano. Em vários momentos eu me peguei gargalhando com algumas passagens. Foi legal a forma que a escritora instigou a curiosidade dos leitores a partir do mistério do testamento, mesmo que o clímax tenha sido um pouco previsível.

Não é preciso ter olhos abertos para ver o sol, nem é preciso ter ouvidos afiados para ouvir o trovão. Para ser vitorioso, você precisa ver o que não está visivel.

Não posso deixar passar o quanto me irritou o doce que a menina fazia em relação á Max. O homem era um deus, educado, romântico, e a menina se privava a todo momento do sentimento. Por mera culpa de destruir o futuro do rapaz. Alicia que me desculpe, mas ela é uma completa idiota por não enxergar o que estava bem abaixo de seus olhos.

A última coisa que pensei antes decair em um sono pacífico foi em um belo par de olhos verdes, que já não me pareciam tão hostis assim.

3 estrelas

6
DE set
DE 2014
0

#01 E se eu ficar – Gayle Forman

Screenshot_2014-09-04-12-40-50-1

Mia é uma garota apaixonada por música e pelo seu namorado Adam. Em uma manhã qualquer sua vida vai mudar radicalmente, ela tem que decidir entre ficar ou ir embora, qualquer que seja sua escolha, irá influenciar no futuro de todos a sua volta. Eis que ela começa a se questionar: “E se eu ficar?”

A um tempo atrás eu postei aqui no blog o trailer já divulgado do filme que havia me encantado imensamente. Durante essas duas semanas que eu fiquei sem postar, eu peguei-o para ler.

Se eu ficar. Se eu viver. Só depende de min.

Eu acabei criando uma certa relação de amor e ódio com Se eu ficar. O livro é pequeno, a leitura foi leve e rápida, mas tem um porém, algumas coisas para mim ficou muito vago. Os sentimentos da personagem, expressados durante a história, não foram muito claros. Claro que a menina estava arrasada com a morte da família, mas ela estava lidando com o assunto tão calmamente que eu estranhei um pouco. A história em si é linda, eu fiquei com o coração na mão durante toda a leitura. É angustiante não conseguir nem mesmo deduzir o que vai acontecer. Falando no modo mais informal possivel, estou mega “bolada” com esse final hahahhahah, gente ! Eu fiquei: Como assim? O fato do livro terminar de uma maneira muito vaga foi o que mais me deixou em extase. A expectativa para o filme está a mil. Algo me diz que essa vai ser uma adaptação incrível.

As vezes você faz escolhas na vida e as vezes as escolhas fazem você.

Pois eu tenho algo para contar aos que já leram Se eu ficar. A sequência que vai acabar com nossa angústia, já foi lançada. O nome (traduzido) é “Para onde ela foi”. E é claro que euzinha vou correr para ler ;)

O que posso dizer?  O amor é uma merda !

4 estrelas

13
DE ago
DE 2014
0

Delirium – Lauren Oliver

delirium-lauren-oliver

Em um mundo onde o amor é uma doença, Lena acreditava no que todos diziam ser o “certo”.

Com a chegada próxima do procedimento que vai salva-la, eis que acontece o inesperado. Seu sangue gela, suas mãos ficam tremulas , todos os sintomas referentes ao deliria. Ai meu deus! Fui infectada pelo amor!

O amor é o mais mortal de todas as coisas mortais: Ele te mata quando você tem e quando você não tem.

Minha opinião. A história é bem diferente, a escritora teve uma criatividade incrível para abordar tal assunto. Oque me incomodou um pouco é o fato da personagem principal ser uma “cagona”. Mesmo com a vida privada que a menina tem, ela conseguia ser meio paranoica estilo: “As paredes vão me ouvir”. Somente esse o ponto fraco. São poucas paginas, a leitura é rápida e leve.

O que dizer do climax… Uma frase foi capaz de me fazer abrir um “O” gigante na boca hahahah. E as citações?? Geeeeeente, acho que nunca fiquei tao apaixonada com as citações de um livro quanto deste. É cada uma que é capaz de te deixar refletindo um longo tempo sobre o amor. Estou até pensando em criar um post apenas com minhas citações preferidas desse livro, oque acham? hihihi.

O final me deixou de queixo caído, a todo momento eu me fiz a pergunta de como isso aconteceu, se oque aparentou foi realmente o fato real.

Eu prefiro morrer do meu jeito, a viver do seu.

 

E eu vou ficar sem a continuação? Não mesmo hahahah, Próxima leitura? Pandemonium!

29
DE jul
DE 2014
8

Anna e o beijo frânces – Stephanie Perkins

ANA_E_O_BEIJO_FRANCES_1305573045P

Anna em seu ultimo ano escolar é obrigada pelo pai a estudar em Paris. Só Anna mesmo pra ter que ser obrigada a aceitar uma viagem para estudar 1 ano na França hahah. Logo no 1° dia a menina se sente um peixe fora d’água. Ela tem que deixar seus pais, irmão, a melhor amiga e o “quase” namorado para trás, para viver um capricho imposto pelo pai.

Longe de todas as pessoas que ela ama, a saudade aperta cada vez mais.

Eis que ela conhece Meredith, uma menina que vai a acolher nesse momento e vai lhe apresentar novos amigos. Josh, Rashimi, e Etienne St. Clair.

Vamos falar agora de St. Clair. Um cara apaixonante, que é capaz de fazer qualquer uma suspirar com uma unica palavra. Anna como não é boba nem nada, vai começar a nutrir um sentimento por St. Clair.

Mas como a menina é “dificílima” se nega a aceitar esse sentimento pelo simples fato do boy magia ser comprometido.

O que posso fazer?! Estou apaixonada pelo meu melhor amigo !

A leitura é muito divertida, á momentos em que você vai chorar de rir, outros que sua garganta vai fechar com um nó, e outros que você vai desabar. Uma verdadeira oscilação de humor, eu me apaixonei desde o primeiro minuto por ele. Sem dúvida nenhuma é o meu xodó. Foi com esse livro que eu despertei o gosto pela leitura, acho que por isso ele tem um lugar especial no meu coração! Não exito em indicar ele para alguém. É impossível não se apaixonar por Anna e o beijo Francês.

- Só me diga uma coisa St.Clair. Eu só quero saber uma coisa.

Ele olha fixamente para mim. Furioso, confuso. Paro para firmar a voz. – Por que você está com ela?

Silêncio.

- Tudo bem, não responda. E sabe oque mais? Não me ligue também. Nós terminamos por aqui.

Já estou pisoteando  indo embora quando ele responde.

- Por que eu não quero estar sozinho neste momento – Sua voz ecoa pela noite.

Eu viro o rosto uma ultima vez – Você não estava sozinho babaca.

Esse trecho é só para dar um gostinho de quero mais. hahahah, o que ta esperando? Corre para ler ;)

5 estrelas

19
DE jul
DE 2014
0

#01 Minha vida fora de série – Paula Pimenta

Me digam, como é possível descrever um livro que me tirou todas as palavras?

CAPA_Minha vida fora de serie_6ed_010213.indd

Minha vida fora de série da Paula Pimenta conta a história de Priscila, uma menina de 13 anos que tem sua vida transformada de uma hora para outra devido a separação dos pais, tendo que se separar de seu irmão mais velho e metade do seu “zoológico particular”. Para Priscila, a adaptação em Belo Horizonte não seria nada fácil.  Mas claro, como toda PRIncesa tem sua fada madrinha, a Pri tem a Marina, que a acolhe em suas asas e torna sua adaptação mais fácil. As férias de Priscila se resume a shopping, seriados, e clube. Clube no qual ela conhece Marcelo. 18 anos, guitarrista, e intrigante aos olhos da menina.

Priscila se apaixona a primeira vista, e por sorte o interesse é reciproco. Ela começa a fantasiar um romance de conto de fadas, idealizando um verdadeiro príncipe em Marcelo. O que ela não podia esperar era que o tal príncipe em questão fosse na verdade um sapo. A decepção de Priscila é visível, como se ela estivesse em um sonho perfeito e alguém a acordasse com um balde de água gelada. Mas nem tudo está perdido para o coração da nossa PRIncesa.

O 1° dia de aula chega e a ansiedade da menina está a mil, ela descobre que nem todo mundo aparentar ser o que é, eis que ela conhece Glória, uma professora maluquinha que a faz se sentir enturmada com os novos colegas.

Em uma simples brincadeira, dois olhares se cruzam e dois corações começam a bater em perfeita sintonia. É ai que aparece Rodrigo, lindo, fofo, misterioso e que vai fazer do coração de Priscila uma mistura de sentimentos novos. A sintonia entre os dois é incrível, um completa o outro como a cereja completa o bolo. A cada dia mais o envolvimento dos dois cresce mais, e isso de um certo modo não é bom, pois a PRIncesa não conhece as consequências que esse envolvimento pode lhe causar.

Se eu disser que eu amo esse livro vai ser pouco. Minha paixão por ele vai além de qualquer coisa que eu disser aqui. A Paula tem um jeito único de retratar acontecimentos do dia a dia de uma forma totalmente encantadora. Eu suspirei o livro todo, o Rô é simplesmente um principe, já disse isso uma vez e vou repetir quantas forem preciso, o Rô é meu amor literário numero 01. hahahah. Esse livro é contado 3 anos antes do Fazendo meu filme começar, ou seja, muitos dos personagens citados no fazendo meu filme fazem uma participação básica em minha vida fora de série. Ele me proporcionou lágrimas e uma confusão gigante de sentimentos. Se você ainda não leu, não consegue imaginar o que está perdendo!

Eu não imaginava que, em um dia comum, exatamente como esse, eu encontraria alguém tão especial. Ele mudou tudo.  Mudou minha direção.  Meu jeito de pensar.  Minha visão do mundo.  Minha vida inteira.”

pri