15
DE jul
DE 2014
0

Surpreendendo aos fãs J.K. Rowling publica conto inédito de Harry Potter !

HP finalMovie

Ao deixar órfãos os fãs de Harry Potter, foi criado o site Pottermore para suprir a saudade dessa saga que encantou milhares de jovens e adultos de todo o mundo. O que todos pensavam ser boatos se tornou realidade. No dia 08 de Julho a própria autora publicou no site um conto que retrata a vida do trio mais amado do mundo, anos após o fim da guerra de Hogwarts. Segundo o conto Harry já com 34 anos, além da cicatriz de raio na testa, ele adquiriu mais um adereço para seu rostinho de bebê hahahah um corte no rosto, resultado do seu trabalho como Auror (bruxo que luta contra as forças das trevas).

Esse conto também mostra como está a Gina, o casal 20 Ron e Mione,  sem esquecer claro do Neville e da Luna que ganhou o coração de todos os fãs da saga. Quer ler esse conto também? Corre lá e crie uma conta no Pottermore. E faça parte desse mundo encantado de Hogwarts.

b3

12
DE jul
DE 2014
1

Química Perfeita – Simone Elkeles

imagem (1)

 

Química perfeita é um livro com uma boa porcentagem clichê. É a tipica história dos “opostos se atraem”. Brittany e Alex, mundos diferentes, classes diferentes, personalidades diferentes, mas um coração os une.

Ela é o projeto de perfeição, em todos os sentidos possíveis. Bom, pelo menos é isso que todo mundo pensa. Já que na verdade é tudo apenas fachada, ela tem uma irmã que a família esconde da sociedade por ter paralisia cerebral mas ao longo da história vai ser possível notar que o amor entre as duas é o que vai fazer Brittany assumir seu verdadeiro eu. Ele faz parte de uma gangue que anos atrás matou seu pai, seu real motivo para fazer parte disso tudo é o desejo de vingança. Sua reputação não é das melhores, mas o coração é de ouro, mata e morre pela mãe e os irmãos mais novos.

Já ouvi isso de muitas pessoas e concordo plenamente, se é clichê, é por que é bom. Ou estou errada? Com esse livro não foi diferente. O que me deixou mesmo chateada foi a enrolação na escrita. A escritora deu tanto detalhe onde não precisava que me deu um certo cansaço na leitura. Mas esse foi o único ponto negativo. o final é tão ” awwwwwwwn “, me deixou suspirando. Quando fui terminar o livro que comecei a entender o trocadilho entre o nome e a história, acho que vocês iam gostar de descobrir ;) . Recomendo para todos que curtam aquele romance proibido ! hahaha.

Você bem que podia me beijar, para ver se ainda temos aquela química perfeita… Embora eu ache que sim, pois você é dono do meu coração, da minha alma e de tudo o que existe entre um e outro.

3 estrelas

9
DE jul
DE 2014
0

Um Caso Perdido – Colleen Hoover

Sky esta prestes a atingir a idade adulta, vivendo por tanto tempo sem nenhum contato com a tecnologia do mundo ao seu redor, a unica distração da menina é se afundar em livros. Mas agora, sua preocupação é cursar o ultimo ano escolar em uma escola pública e se formar com exito, já que toda sua vida ela estudou em casa. Mas nem tudo vai correr como o planejado para nossa querida Sky. Ela conhece Holder, um rapaz com uma reputação estraçalhada e que vai ser capaz de virar sua cabeça, e seu coração do avesso.

Minha falta de acesso ao mundo real foi totalmente substituída por livros, e não deve ser muito saudável viver na terra dos finais felizes.

OMG, não tenho palavras para descrever Um caso Perdido. O livro me prendeu desde o inicio carregado de simplicidade, até o fim. A história se desenvolve de um modo leve, todos os acontecimentos são bem explicados sem enrolação. Uma coisa que me fez ficar in love com a história é o fato de todo o livro, não dar nenhuma pista sobre os acontecimentos seguintes, então quando tudo aconteceu minha cara foi ao chão de tanta surpresa. Ai chega o momento que você acha que já descobriu toda a história por trás dos segredos, e um personagem chega contando mais detalhes devastadores.

imagem

 

O nome do livro é “Um caso perdido”, que em inglês significa HOPELESS, que é o nome que também consta na capa. Inicialmente para min, Hopeless era apenas uma tradução, mas a partir de uma certa parte vocês vão perceber que por trás dessa palavra de 8 letras tem um significado com uma importância gigante que me encantou.

Holder, por mais que sua reputação diga uma coisa, suas ações indicam outra. Ao contrário do que todas as pessoas acham, ele tem um coração que foi quebrado alguns anos atrás, e talvez fosse por isso suas atitudes. Acho que mais um entrou para minha lista de amor literário hahahaha. Não tenho nenhuma critica a fazer, esse livro é realmente incrível. #Eurecomendo

Ás vezes, precisamos escolher entre um monte de escolhas erradas, sem a possibilidade de nenhuma certa. Você simplesmente tem de decidir pela escolha errada que parece menos errada.

 5 estrelas

6
DE jul
DE 2014
0

Fallen Too Far – Abbi Glines

PicMonkey Collage

  • Fallen Too Far #01

Blaire tem 19 anos e mora no Alabama, ela tinha uma família feliz, uma irmã gêmea companheira e pais apaixonados. Até que chega o momento em que tudo desaba. Há 5 anos atrás sua irmã morre em um acidente de carro, e seu pai a abandona junto de sua mãe. Para piorar, há 3 anos sua mãe descobre ter câncer. Blaire passa a viver em prol de sua mãe, até o dia em que a mesma dá o ultimo suspiro e a menina se vê sozinha no mundo. Sua unica saída no momento é apelar para o pai que a abandonou 5 anos atrás, e que hoje vive com uma nova mulher. Ao chegar no lugar onde seria sua nova casa, Blaire descobre que seu pai viajou com sua madrasta para Paris e a deixou junto de Rush, seu irmão postiço, em um lugar desconhecido para ela. Onde a unica alternativa para uma melhor sobrevivência junto dele é aprender a controlar a tentação.

Bom, pra ser totalmente sincera eu estava empolgada com esse livro por dois motivos : 1° Por ele ser new adult, um gênero que eu aprendi a gostar , e 2° Por ser um livro único, sem continuação. Acho que a empolgação também se deu por ter varias indicações dizendo parecer com Belo desastre. Porém ele me decepcionou em vários aspectos. A história tinha tudo para ser incrível, a história em si era intrigante, porém a autora não soube aproveitar tudo isso. Os personagens principais não me prenderam como deveria, mesmo que Rush tivesse vários aspectos legais ele não me causou emoções. Por mais que eu tentasse não nutrir esse sentimento, Blaire só me causou tédio. O fato de a todo momento ela enfatizar o fato de ” deixei meu ex namorado Cain porque não era boa o suficiente pra ele ” me irritou com uma facilidade incrível. A todo momento ela se desmereceu. Sem falar que a relação da Blaire e do Rush começa de uma maneira estranha. No momento em que ela o vê ela se sente atraída, passa poucos dias ele começa a demonstrar gostar dela mas que não se permite tê-la por achar ela uma moça indefesa, inocente. Ela por sua vez o acha um gostosão que nunca iria olhar para ela. Mais uma vez nossa querida Blaire se desmerecendo. Eu estava prestes a abandonar o livro, quando aparece o Climax. E.. OOH! Que surpresa, nessa hora eu pensei que o livro realmente ia engatar, eu realmente achei impressionante a forma como eu não desconfiei de nadinha durante o livro, e entao, Puff ! Acabou. Como assim? Pois é, o livro acabou meio sem final. O que me fez pesquisar mais um pouquinho e descobrir que havia uma continuação, nisso o numero 02 da minha empolgação foi por água abaixo. Ok, a curiosidade foi maior, e aqui fui eu em busca de Never Too Far.

  • Never too far #02

O livro já começa com uma surpresa. Sobre Never too Far eu não tenho muito o que dizer senão estarei dando spoiler e sei o quanto isso é ruim. A minha opinião é basicamente uma palavra: Desnecessária. Como o 1° livro não é muito grande, a autora podia simplesmente pegar o 1° livro e acrescentar os acontecimentos mais importante do 2°. Tenho certeza que teria ficado ótimo. Mas não sei que ideia é essa desses autores criar continuações, sinceramente acho que o fato de ter uma continuação pode acabar com o encanto de um livro.

Assim como Fallen Too Far, Never Too Far também teve o seu clímax bem no finalzinho, coisa que me empolgou bastante. Mas ainda continuo com a ideia fixa de que a história podia ter encantado muito mais se a escritora tivesse aproveitado mais os personagens e a história, fazendo os entrar juntos em equilíbrio. Mais uma vez o livro terminou sem um final, dando expectativa para Forever Too Far, um terceiro livro, mas infelizmente, essa leitura eu passo. Acho que meu conceito não tem como mudar. Mas em todo caso, não acho que tenha sido perca de tempo essa leitura.

2 estrelas

20
DE jun
DE 2014
0

Muito mais que uma princesa – Laura Lee Guhrke

Quantos vivas merece a pessoa que virou a noite, viu o sol nascendo, apenas pra ter o prazer de descobrir o desfecho de uma historia? Sim, esse livro me custou uma madrugada em claro, apenas 4 horas de sono, e olheiras profundas, é, acho que valeu a pena…

Lucia é filha ilegitima de um príncipe com uma cortesã. Durante anos desde seu nascimento Lucia foi privada de ter contato com sua mãe diante do seu modo de viver. Ela foi presa em colégios e conventos para não ter contato com o mundo , onde podia causar algum problema para a ” imagem ” de seu pai. Mas isso não adiantou. Sempre que houvesse oportunidade Lucia arrumava um jeito de escapar de todo esse confinamento que a torturava. Após um incidente, que causou um noticiário com o nome de Lucia e sua meia irmã Elena em negrito, Cesare seu pai decide que esta na hora de ” se livrar ” da menina. Então manda buscar o embaixador Ian para lhe arranjar um casamento, de tal forma que suas travessuras passariam a ser problema de seu futuro marido. O que Ian não podia esperar era que essa fosse uma tarefa incrivelmente difícil, pois a menina se negava a ser controlada de qualquer forma.

Oh, serei doce como o mel – prometeu Lucia – quando eu o mandar para o inferno.

Ao contrario da impressão que seu temperamento passava para os outros, ela era apenas uma menina que se sentia desprezada pelo pai e pela sociedade por não ser legitima. O que ela mais queria, já que não tinha outra escolha se não se casar, era nada mais nada menos que ter o livre arbítrio de opinar sobre seus candidatos a marido, e lhe ser dado o poder de escolha. E entre todas as caracteristicas que um futuro marido deveria ter, ela estava apenas em busca de uma: O amor !

Você tem uma capacidade tão grande de amar que me deixa admirada. Sempre me deixou. Quando surgir o homem certo, você conseguirá se jogar toda nesse amor – corpo, coração e alma.

mfç

 

Eu ouvi tanto nos ultimos dias sobre esse livro, que me permiti passa-lo na frente de qualquer outro e descobrir o por que de tão especial ele era pra algumas pessoas. A história é encantadora, aquele ar de história antiga é cativante. Porém em alguns momentos a personagem principal me dava certa raiva por sempre achar que estava a frente de qualquer situação. É intrigante a história o que não me permitiu parar enquanto não descobrisse como ia terminar. O que me incomodou um pouco foi a narração contada pela 3° pessoa. É sempre mais emocionante quando é narrada pela 1° pessoa, por que os sentimentos, as emoções do personagem ficam mais clara para o leitor. Outra coisa que me deixou bastante chateada foi o livro acabar de repente. Quando eu achei que ia descobrir como a vida de Lucia ficou , me aparece aquela palavra que e um temos pra min : FIM. Me senti mega decepcionada com isso. A escritora, não polpou nem um pouco os detalhes sórdidos, particularmente eu achei um pouco exagerado, pelo livro não ser exatamente um new adult, mas isso é relevante. Ian, é completamente apaixonante, apesar de seu jeito presunçoso ele é de encantar qualquer uma.

Minha cara, você pode ser filha do príncipe, mas não é nenhuma princesa. A maior parte do tempo, você é uma praga para a minha sanidade.

Um detalhe que eu não consegui compreender foi a relação dessa capa linda, com a história. No meu ponto de vista ela não tem alguma semelhança com a história. Eu adoro ler livros onde há muitas citações pra min guardar de lembrança da história, e eu não posso deixar de citar uma que me identifiquei muito.

Eu gosto de agitação, de excitação, e há uma certa excitação em desrespeitar as regras – disse ela depois de um momento. – Além disso, adoro um desafio. O fato de me proibirem de fazer alguma coisa me dá uma enorme vontade de fazer exatamente aquilo.

3 estrelas

18
DE jun
DE 2014
0

E se eu ficar – Trailer

Omg ! Estou eu, olhando algumas postagem de grupos de leitores e me deparo com esse trailer que na mesma hora descubro ser de um livro ja publicado. Minha reação na hora?? EU PRECISO LER ESSE LIVRO !

hahahaha, ele está no topo da minha lista de livros para ler. Vai ser uma resenha que vou ter o enorme prazer de escrever ;)

Beeeijos

18
DE jun
DE 2014
0

Lola e o garoto da casa ao lado – Stephanie Perkins

10458371_717078241682118_305612705952208093_n

aaaaaaaaaah, vocês não fazem ideia do quanto eu gosto de falar de algum livro que fiquei apaixonada. Stephanie Perkins ganhou meu coração no dia em que terminei a ultima palavra de Anna e o beijo francês, então imagina como foi terminar Lola e o garoto da casa ao lado. Um dos motivos que me encantou nesse livro foi a autenticidade da Lola (a protagonista , dãã) ela vive de uma forma que me deu uma certa inveja, sem medo do que os outros vão pensar.

Lola é filha de um casal gay, ( se um pai já é difícil imagina dois, hahaha) e tem apenas três desejos simples (segundo ela). 1° Participar do baile de inverno vestida de Maria Antonieta. 2° Que seus pais aprovem seu namorado. E 3° o mais difícil de todos : Nunca mais, em hipótese alguma ver novamente os gêmeos Bell. Claro, difícil porque após 2 anos fora da cidade Cricket Bell ( Gato, carismático, e incrivelmente fofo) e sua irma Calliope Bell, retornam para abalar a vida de Lola.

Estava ele ali, um rapaz hétero perfeitamente sociável, perfeitamente atraente e perfeitamente vestido, que só por acaso aconteceu de morar na casa ao lado da minha.

Não é muito dificil de se imaginar o porque de Lola querer distancia de um cara com esses adjetivos que citei certo? Cricket que fez do coração de Lola uma escola de Samba e sua irmã que atrapalhou todo o clima 2 anos atrás, fazendo Lola acreditar que ele a exclui de sua vida, retornaram. Porém agora Lola tem um namorado “Perfeito” , e se sente obrigada a negar seus sentimentos por Cricket.

Eu gosto de você. Sempre gostei de você. Seria errado da minha parte entrar de novo na sua vida e agir de outra maneira.

A escrita é super leve, e não é muito difícil se apegar a história, em alguns trechos meu casal in love de Anna e o beijo francês reaparece. E um pouco mais de pesquisas, o que eu descubro? Que ambos os livros faz parte de uma trilogia (SIM ♥), e que o 3° livro ” Isla e o felizes para sempre ” foi lançado ano passada nos Estados Unidos. Me resta agora esperar ansiosamente pela tradução do desfecho encantado de Stephanie Perkins.

Sei que você não é perfeita, mas são as imperfeições de uma pessoa que as tornam perfeita para alguém.

5 estrelas

18
DE jun
DE 2014
0

Os Imortais – Alyson Noël

Ever Bloom tinha uma vida perfeita: era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante. Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora, além de todas essas transformações em sua vida, ela precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do i-pod, cujo som alto encobre o som das mentes a seu redor. Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende o porquê disso, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, à sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é estar cada vez mais envolvida.

                São ao total 6 livros do best-seller : Para sempre (1), Lua azul (2), Terra de sombras (3), Chama negra (4), Estrela da noite (5), Infinito (6). Após ler o primeiro livro estava tão ansiosa pela segunda parte da história, que instantaneamente esperei um livro melhor que o primeiro, e me decepcionei. O primeiro livro é encantador, ele acaba com aquele gostinho de quero mais. Desde ‘Para Sempre’, a personagem principal me pareceu um tanto imatura. Minha esperança era que a partir dos proximos livros houvesse uma evolução nesse quesito, mas infelizmente nossa querida Ever não o fez. Durante as continuações ela se mostrou um tanto imatura, e capaz de acabar com toda a emoção da saga.

A história tem uma boa porcentagem de suspense, acho que foi isso que me prendeu aos 6 livros, quando nós empolgamos, achando que estamos perto de descobrir o mistério, a ‘ mocinha ‘ faz o favor de jogar toda nossa esperança no lixo e finalmente voltar a estaca 0.

Em Terra de Sombras, a protagonista é um tanto inconstante. Durante todo o livro ela tenta consertar algo que deu errado anteriormente, e por ai vai. Em Lua Azul, ela passa a questionar seu amor por Damen, quem até então ela considerava sua alma gêmea. Acho que isso foi a gota d’agua. A saga tinha tudo pra ser perfeita, o mocinho, os poderes da Ever, a história em si tinha tudo pra prender o leitor. Mas o que privou isso, foi a protagonista. Ela sem duvida foi o que fez a saga perder ★★★.

download (1)

28
DE mai
DE 2014
0

Divergente – Verônica Roth

Então galera, Divergente é uma história que eu estava planejando resenhar daqui um tempo, por ter outros que eu gostaria de fazer antes. Porém eu acabo de assistir a adaptação cinematográfica e tive que anteceder meus planos. Ia ser muito difícil guardar todas as minhas emoções diante do filme.
No livro a história se passa numa Chicago futurista que após uma guerra foi divida em cinco facções, com um intuito de prevalecer a paz, Abnegação, Audácia, Amizade, Erudição, e Franqueza. Ao completar 16 anos todos os jovens de Chicago tem de se submeter ao exame de aptidão que revela a qual facção eles pertencem. Com os irmãos Prior não foi diferente. Mas o exame de Tris não sai como o planejado. Seu resultado é inconclusivo oque a torna Divergente. Para se camuflar, ela resolve trocar de facção, substituindo a abnegação (sua facção de nascença) pela Audacia, a facção dos destemidos ! O que Tris não sabe é que, ao entrar para a Audacia, ela teria de encarar varios desafios que poderiam a levar a morte. Mas a sua sobrevivência na audacia, só foi prolongada graças ao seu anjo da guarda Quatro !
Como havia dito mais acima,lançou a adaptação de Divergente nos cinemas. Mas por falta de tempo conseguir assistir apenas ontem e cara, É INCRIVEL !!! Estou In love atê agora com ele. Porém nem tudo é perfeito certo? Divergente – O Filme também tem seus contras. Eu fiquei profundamente chateada pois cortaram cenas que eu achei mega importante, logo no inicio do filme. E pra quem realmente prestou atenção no livro,as cenas cortadas são nítidas. Como por exemplo: No exame de aptidão da Tris, eu lembro de haver mais de uma simulação. No entanto, no filme eles apenas recordam da simulação em que a Tris está em uma sala e tem que escolher rapidamente um dos objetos da bancada, que nós descobrimos mas á frente, que seria a ‘arma’ dela. Produção, cadê a cena no trem que a Tris tem que reconhecer o homen do jornal?????? Poxa, quando eu percebi que não ia mostrar essa cena no filme meu coração cortou. Outra cena que eu senti muita falta foi a luta do Will e Al, logo no inicio do treinamento da Audacia. Sem falar cena em que a Tori deveria explicar para a Tris o significado do Corvo? No filme ficou tão sem sentido, a parte em que a Tris decide tatuar os três corvos, para as pessoas que nunca leram o livro. Maaaaaaaaas… Não posso deixar de comentar sobre os Prós ! QUE BEIJO FOI AQUELE PRODUÇÃO !?????? Gente, sem nenhum exagero. Meu coração congelou na hora ! Em um minuto eles estão conversando, no outro o Tob.. ops o Quatro, já puxa a Tris em um beijo de tirar o fôlego (ain meu coração) . O que eu achei bastante legal foi a música que colocaram durante essa cena. Eu sempre achei a trilha sonora mega importante, por que ela é que vai complementar a cena e criar um clima. E com toda certeza não foi só a min que essa cena tirou longos suspiros ! Aah, quase me esqueço de contar das gargalhadas que eu dei quando a Tris acorda da Simulação em público e se desespera ao achar que todos viram seu medo na hora H com o Quatro :’)
Mas ao terminar eu ganhei um enorme ponto de interrogação.. Por que o filme terminou de uma forma que me fez pensar que não teria a adaptação de Insurgente. Estou errada? Bom, espero que sim haha.. Então, me digam oque vocês acharam do Livro e Filme ai nos comentários ?

image

#Fuuuui :*

25
DE mai
DE 2014
0

A Culpa é das Estrelas – John Green

Aaaah, efeitos colaterais aqui estou eu para faze-los chorar mais um pouquinho hahaha.  Como muitos ja sabem a  adaptação cinematografica ‘A culpa é das Estrelas’ é umas das maiores apostas do ano. A historia da Hazel e Gus se popularizou bastante entre os jovens de 2013 pra cá, muitos já consideram modinha, não digo que não concordo com isso pois estarei mentindo, realmente muitas pessoas leram o livro e fingiram gostar apenas pra fazer parte de todos aqueles debates das pessoas a sua volta que haviam lido. Isso costuma me deixar muito chateada pois muitos se dizem fãs sem nem saber direito quem é quem na historia, principalmente se for um livro que eu tenha gostado muito.
Quando começou aquela epidemia de photos no insta daquela capa azul com um titulo um pouco intrigante, rs eu realmente fiquei interessada em descubrir o conteúdo. Havia tantos comentarios bons a respeito que eu resolvi me aventurar.

image

Eu lembro exatamente como se fosse ontem,eu abri o livro em uma Quinta-Feira por volta de umas 22:00 hrs da noite. A história me cativou de tal forma que eu me recusei a dormir enquanto não terminasse. Passou 1, 3, 5 horas da manhã quando eu me vi soluçando de tanto chorar. Eu pude sentir a dor da Hazel, eu senti a saudade me sufocando ao ler a carta do Gus, eu suspirei até o ultimo ‘ Okay ‘. O elogio fúnebre, como esquecer?! :’( Mas enfim, minha dúvida é a seguinte: Será que realmente o filme vai fazer juz ao livro? Agora basta esperar ! Dia 05 de Junho vem ai !
#Ansiosa

Beeeeijões ♡